Tem mais de um emprego? Será que o INSS não está te devendo?

Você deve saber que em cada emprego que possui, o seu empregador deve, obrigatoriamente, descontar de seu salário, 11% para o INSS. Mas há um teto para esse desconto, afinal, quando você for se aposentar pelo INSS também não receberá mais que o teto.

O valor do teto hoje para recolhimento é de R$ 570,88 por mês, que corresponde a 11% sobre o valor máximo do beneficio de R$ 5.189,82. Reter acima será jogar dinheiro fora. Deverá eleger um tomador de serviços e comunicar aos demais que já recolhe sobre o teto máximo previdenciário. Isto ocorre muito com os médicos.

Mas então, o que fazer se você não percebeu, e em cada emprego que possui houve um recolhimento, ultrapassando o valor do teto?

É possível requerer a devolução dos valores recolhidos acima do teto, lembrando que o valor do teto muda todo ano, portanto em 2015 não era o mesmo valor!

O requerimento para devolução pode ser feito administrativamente na Receita Federal e, posteriormente, na justiça, caso a resposta não venha rapidamente ou não seja positiva. Será devolvido somente os últimos 5 anos corrigidos pela variação da selic.

Menu