Terceirização está na pauta do novo presidente do TST

Terceirização está na pauta do novo presidente do TST

Por Bárbara Mengardo | De Brasília

Há dois meses no cargo, o novo presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), ministro Antonio José de Barros Levenhagen, acompanha de perto um dos temas mais polêmicos da esfera trabalhista: a terceirização. O mineiro de Baependi mostra preocupação com o Projeto de Lei nº 4.330, de 2004, que regulamenta a questão. Espera que a proposta, em tramitação na Câmara dos Deputados, “não precarize demasiadamente essa relação de trabalho”. Por outro lado, acredita que é hora de “permitir alguma flexibilização na nossa jurisprudência”, permitindo terceirização de atividade-fim.

Menu